domingo, 3 de março de 2013

O retorno

Desde minha última postagem alguns meses se passaram. Não que eu não tivesse vontade de escrever. Até o tinha. Mas faltou-me ânimo. Talvez tenha sobrado medo. Mais ou menos como na música da minha banda favorita "Legião Urbana" que diz...  "Quero ter alguém com quem conversar , alguém que depois não use o que eu disse contra mim"...    Nesse tempo que estive ausente do meu "canto do encontro" estava envolta em um processo de que tudo poderia ser usado contra mim. Fiquei então quieta no meu canto. E agora, cá estou eu...  Muitas coisas aconteceram nesse tempo. Muitas mesmo. Tanto no âmbito pessoal quanto no profissional. Mas a que irei narrar aqui (em tom de desabafo) tem haver com um post de uns três anos atrás - sobre "encerrar ciclos" (http://www.emminhabusca.blogspot.com.br/2010/02/ciclos.html) . Neste post que menciono falo sobre encerrar ciclos por vontade própria ou vontade alheia. Dizia que era bem melhor encerrar por vontade própria... Pois bem. Um ciclo em minha vida profissional se encerrou. Mas não foi em vontade própria. Resquícios da política - ou politicagem (da mais suja). Tudo o que fiz profissionalmente nos últimos 04 anos foi usado, de certa forma, contra mim. "A minha filosofia de segurança pública não condiz com a filosofia da nova administração"...   ai ai ai....  Isso me disseram quando fui "gentilmente convidada" a mudar de local de trabalho. Pois é... encerrei um ciclo na Secretaria Municipal de Segurança. Devo dizer que sempre gostei muito do meu trabalho. Sempre acreditei na política da prevenção à violência, na promoção da cultura de paz, no policiamento comunitário. Mas agora essa filosofia não serve mais. Sinceramente, não sei o que serve. E minha forma de pensar, as coisas que disse, minha dedicação extrema ao processo de prevenção à violência foram usados contra mim.  Só desejo sucesso e sorte aos que continuam nessa seara. Quanto a mim, sigo em frente. Sempre. Consciência tranquila. Cabeça erguida.


Nenhum comentário:

Postar um comentário