quinta-feira, 7 de março de 2013

Um dia de cada vez...

A luta continua. Nem um processo de mudança é simples. Principalmente quando se trata de mudança de hábitos. E no momento falo da mudança de hábito alimentar. Para mim, como já disse antes, é muito difícil. Não deveria ser. Lembro-me quando meu filho nasceu eu passei todo o periodo de amamentação sem beber refrigerantes e comer açucar. Consegui. Foram 09 meses de abstinência. Antes ainda, quando estava na faculdade, fiz acompanhamento com a mesma nutricionista de agora (Dra. Manuela Macedo - fica a dica) e também consegui sem maiores problemas. Mas agora tudo parece muito mais dificil. Penalizo a mim mesma por não conseguir manter a mesma determinação de outrora. Por várias vezes consegui reduzir meu peso. E também consegui aumenta-lo. Efeito sanfona em escala gigantesca. Eu não sei como deixei e continuo deixando isso acontecer comigo. Não sei como deixo meu corpo se transformar de maneira tão negativa em tão pouco tempo. Hoje ainda é o terceiro dia. Ansiedade tomou conta. Pensei seriamente em escolher um dia da semana para ser o "freeday"...  Mas conheço-me suficientemente bem para saber que isso não funciona. Algumas coisas são como vício. Não consigo comer só um pouco. Só um pedaço de bolo. Ou só um bombom. Prefiro não arriscar. 
Uma coisa que inclui na minha rotina é a musculação 02 vezes por semana. Já fazia pilates e jump. Continuo fazendo. Agora pensem comigo...  Como é que pude engordar tanto fazendo atividades fisicas como jump? Só se for comendo muiittooooooooooooooooo .........................
E assim, eu cansei de fazer de conta que está tudo bem. Não. Não está. Meu corpo não está bem. Pode ser só estética? Sim. Pode. Fiz um check-up geral e tudo está praticamente dentro da normalidade. Menos o colesterol que está no limite. Se não cuidar certamente em um futuro próximo será um problema. 

Vou procurar umas fotos antigas e fazer um tratamento de choque. Eu sei o que quero para mim. E vou conseguir. Bem verdade que a questão estética é o trampolim inicial. Mas a saúde será a grande beneficiada...  E essa é a parte mais importante....




Nenhum comentário:

Postar um comentário